Nota de repúdio à intervenção dos EUA contra a Venezuela e de apoio ao povo venezuelano

   A Revolução Brasileira, corrente interna do PSOL, vem a público manifestar seu repúdio aos ataques imperialistas do governo dos EUA visando atingir o povo da Venezuela.

  A investida de Donald Trump tem por objetivo se apossar do petróleo venezuelano e liquidar a experiência revolucionária bolivariana. Em razão disto, manifestamos nossa defesa à autodeterminação dos povos: o povo venezuelano, no exercício de seu protagonismo político, deve decidir de forma soberana os rumos da nação.

   Em sua última viagem aos Estados Unidos, Jair Bolsonaro afirmou que tratou com Donald Trump de questões relacionadas à Venezuela, já apresentando um prelúdio da ofensiva corrente. O presidente brasileiro, junto a seu homônimo colombiano Ivan Duque, configuram-se como cúmplices e agentes ativos desta agressão contra a República Bolivariana da Venezuela. Desta forma, a política externa brasileira se revela como mero apêndice da política externa dos EUA, marcada por um histórico de intervenções e ataques militares àquelas nações que ousam se manifestar no cenário internacional com políticas anti-imperialistas.

   Reiteramos, portanto, o respeito ao princípio da autodeterminação do povo venezuelano, e conclamamos a solidariedade entre os povos da América Latina para demover esta agressão.

   Que nenhum brasileiro seja enviado para morrer combatendo pelos interesses do imperialismo estadunidense!

   Pela integração latino-americana, pelo desenvolvimento e pela paz.

 

VIVA A REVOLUÇÃO BOLIVARIANA!

 VIVA A PÁTRIA GRANDE!

Comentários

  1. Cada nação latino tem o direito a liberdade independente de seus ideais políticos. Os valores minério e minerais extraídos em cada nação, devem ser vistos como conquistas. A América, com suas divisões geográficas, proveu algumas nações com orgulho, com riquezas. Enquanto outras…isso o poder capitasta para tirar o que não tem. O Brasil, jamais deve aceitar imposições, hj e o petróleo venezuelano, amanhã será o pré sal e a amazônia.

  2. Compartilho com a RB essa nota de repúdio ao imperialismo estadunidense, em sua investida contra a República Bolivariana da Venezuela.

Deixe uma resposta para Aurelio Laborda Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *